Conforto em trabalho remoto

Como tornar o trabalho no conforto das nossas casas num trabalho confortável para nós e para o nosso corpo.
Até há pouco tempo tinha um emprego no escritório e passava pelo menos 40 horas por semana sentado em frente do computador? E agora em casa acontece o mesmo? A área do pescoço e ombros está dorida? A zona lombar dói?

Não se preocupe. Isso não significa que algo está mal com o seu corpo ou que ele está desgastado. 

Conheça abaixo as possíveis causas da dor de costas/pescoço/zona lombar
Não se esqueça de exercitar o corpo - veja os vídeos que sugerimos
Experimente aplicar o Spiral Heat para um alívio da dor localizada até 12 horas
 

OS DETALHES PODEM FAZER TODA A DIFERENÇA

A maioria de nós que trabalha muito tempo ao computador sentirá dores nas costas, no pescoço ou nos ombros em algum momento. Geralmente, a dor não se deve a nada de grave e instala-se numa questão de dias ou semanas. Simplesmente os músculos e grupos musculares que não são fisicamente trabalhados podem enfraquecer, outros ficarão tensos e com cãibras. É natural se passa muito tempo numa mesa, mas pode ser evitado se for proativo em relação à sua própria saúde e boa postura.

A culpa não é só da cadeira

Muitas pessoas não sabem: o ambiente de trabalho (seja a posição do computador, a altura da mesa ou a forma ergonômica da cadeira) só tem uma pequena influência no nosso corpo. Portanto não vale a pena culpar a cadeira lá de casa, pois pode acontecer que a culpa seja sua.

Obviamente, é sempre boa ideia tornar o seu ambiente de trabalho o mais agradável possível. Mas o que realmente importa na prevenção de dores nas costas, pescoço e ombros é usar o seu próprio potencial para fortalecer os seus músculos. Exercite-se para contrabalançar a monotonia e a falta de exercício. Além disso, preste atenção aos factores de stress psicológico e tente evitá-los. Factores como ansiedade ou sobrecarregar-se com muitas responsabilidades podem também contribuir para um aumento de tensão. 

Curiosamente, quando estamos a fazer algo que nos interessa e apaixona é muito menos provável que a dor ocorra, enquanto em momentos de stress ou descontentamento, seja por motivos pessoais ou relacionados com o trabalho, a dor pode aumentar.

Portanto, a chave é você descobrir: O que pode fazer de maneira mais pró-activa na prevenção da dor? 

Reunimos algumas dicas úteis.

Voltar ao topo

EVITE DOR LOMBAR E TENSÃO NO PESCOÇO/OMBROS

Zero hipóteses para tensão e entorses ocasionais

Não dê hipótese às distensões e entorses ocasionais.

Descubra quais são os seus principais motivos que causam a tensão (stress, conflitos no local de trabalho, problemas pessoais) e tente reduzi-los. As dores nas costas estão relacionadas, muitas vezes, com tensão psicológica.

Mime-se com exercícios físicos para equilibrar o trabalho estacionário: Tente exercitar-se pelo menos três vezes por semana. Tente correr, vá ao ginásio ou faça ginástica. Isso não apenas alongará e fortalecerá seus músculos, mas também libertará a sua cabeça do trabalho. Lembre-se de que activar o seu corpo é fundamental para evitar músculos tensos e dores nas costas a longo prazo.

Tente sentar-se o MAIS ACTIVAMENTE possível. Ou seja, mude de posição frequentemente, levante-se de vez em quando e estique-se.
 

backs-in-office03-270px

backs-in-office02-270px

 

Faça intervalos de almoço, vá à varanda ou dê uma volta pela casa. 

Tente sair da rotina se sentir que está preso numa.

Se o stress for muito, experimente técnicas de relaxamento (como exercícios respiratórios de ioga ou meditação). Coisas fáceis de fazer no chão da sua sala. 

Devido ao confinamento que todos devemos seguir, exercícios em casa são uma boa alternativa ao ginásio. Veja alguns dos nossos vídeos com sugestões. 

 


 

MEXA-SE! Dê um descanso às suas costas, levante-se de vez em quando, experimente até trabalhar de pé durante pequenos períodos. Faça alguns exercícios de duas em duas horas, para o sangue fluir. 
Voltar ao topo

E SE A DOR VOLTAR?

O que fazer?

Há formas de se ajudar a si próprio. 

Uma lista de prós e contras simples que o ajudarão a lidar com a dor nas costas e a continuar com sua vida.

 
Mantenha-se activo o tempo todo, se possível. Mas consulte o seu médico se estiver preocupado com a dor nas costas ou se a dor persistir ou piorar repentinamente.

Fale com o seu médico para saber se pode continuar a trabalhar e, se necessário, fale com o seu chefe para saber o que pode ser feito para o ajudar a continuar a trabalhar no escritório.

Pergunte ao seu médico se pode continuar a trabalhar e, se necessário, discuta com seu empregador as horas de trabalho. Muitas vezes o trabalho remoto apresenta-se como uma armadilha para nunca se “desligar” das nossas responsabilidades profissionais.

Se necessário, modifique o tipo de actividade que causa dor.

Informe-se e ouça seu corpo. Se necessário, fale com um médico ou fisioterapeuta.
Não fique na cama à espera que a dor passe. No passado era aconselhado descansar em resposta à dor nas costas mas alguns testes provam que não ajuda na recuperação. Quanto mais cedo se mexer, melhor.
Voltar ao topo

CONHEÇA A TERMOTERAPIA

Relaxe a área do pescoço e dos ombros!

Depois de um dia agitado de trabalho, a sua região lombar já se está a queixar de dores? Ou está com nós na área do pescoço/costas/ombros?

Experimente uma solução com base na terapia com calor como primeira medida para relaxar esses grupos musculares. Sugerimos o Spiral Heat, faixas térmicas com a inovadora tecnologia SpiroTherm, para o alívio de dores localizadas. O calor aumenta o fluxo sanguíneo, relaxa os tecidos e pode melhorar sua mobilidade.

O Spiral Heat adapta-se aos seus movimentos e proporciona um alívio da dor até 12 horas! 

 
Voltar ao topo

Nenhuma das dicas ou recomendações dadas acima substitui o aconselhamento médico. Importante: consulte um profissional de saúde em caso de lesão ou se suspeitar de uso excessivo de articulações ou de uma condição médica, como uma fratura. Um médico deve ser consultado nos casos agudos quando a condição é acompanhada de vermelhidão, inchaço ou hipertermia das articulações, problemas articulares contínuos ou dor intensa. Ou quando estão associados a sintomas neurológicos (por exemplo, dormência, formigamento, perda de movimento).

Para mais informações sobre os produtos Hansaplast, entre em contato connosco. Leia atentamente as instruções de uso fornecidas nos nossos pacotes de produtos.


Hansaplast - Conforto em trabalho remoto

Como tornar o trabalho no conforto das nossas casas num trabalho confortável para nós e para o nosso corpo.