Redutor de Cicatrizes Hansaplast
Como tratar cicatrizes
Siga os conselhos dos nossos especialistas para reduzir a visibilidade das cicatrizes salientes, quer sejam novas ou antigas.

Uma queda pelas escadas, um acidente de carro ou uma cirurgia: muitos eventos da vida deixam marcas que se tornam cicatrizes, pequenas ou grandes. E quase toda a gente tem uma ou mais cicatrizes para se lembrar de situações como estas. Algumas cicatrizes não só causam desconforto, dor e redução da mobilidade, como também reduzem a auto-confiança, sobretudo quando estão em partes visíveis do corpo.

Como se formam as cicatrizes?

A cicatrização é uma parte natural do processo de cura da pele após sofrer um ferimento. Só as feridas que não afectam a derme é que recuperam sem cicatrizes. Como o organismo não é capaz de substituir o tecido destruído, altamente especializado, da mesma forma, repara as feridas com uma fibra de colagénio que volta a “unir” a pele danificada. Mesmo após a ferida ter recuperado, o corpo continua a dirigir colagénio para o local da lesão, resultando em mudanças na aparência e no tamanho da cicatriz ao longo do tempo. A chamada fase de “maturação” pode demorar anos. E apesar da maioria das cicatrizes não serem removidas completamente, há passos a dar para assegurar um cuidado mais equilibrado da sua cicatriz e para reduzir a visibilidade desta. Aprenda mais sobre este processo de tratamento, aqui.
Hand with scar on the back of the hand
Voltar ao topo

Diferentes tipos de cicatrizes

As cicatrizes normais costumam recuperar como uma linha fina e pálida de pele. Dependendo de vários factores, como a profundidade da ferida, a localização ou o tipo de pele, algumas pessoas podem desenvolver cicatrizes anormais.
  1. Cicatrizes Hipertróficas

    Estas cicatrizes parecem vermelhas, com relevo e podem fazer comichão. São caracterizadas pelo excesso de colagénio, causado pelo processo de cura desregulado. As cicatrizes hipertróficas erguem-se acima da pele à sua volta, mas são limitadas pela zona original da ferida.
  2. Cicatrizes queloides

    Semelhantes às cicatrizes hipertróficas, as cicatrizes queloides aparecem vermelhas e levantadas, exibindo também uma quantidade excessiva de colagénio. No entanto, ao contrário das cicatrizes hipertróficas, as cicatrizes queloides estendem-se para além da ferida original. Estas cicatrizes impactam a qualidade de vida porque interferem com o movimento e causam dor e comichão. São mais prováveis de aparecerem entre pessoas com um tipo de pele mais escuro e não tendem a desaparecer ou reduzir com o tempo.
  3. Cicatrizes atróficas

    As cicatrizes atróficas são caracterizadas pelo refluxo e cavidades na pele e são formadas com maior frequência como um resultado da acne ou de doenças como a varicela. Histologicamente, são caracterizadas por uma perda de colagénio na derme.
Voltar ao topo

Quais são os factores de risco?

Alguns indivíduos são mais susceptíveis à cicatrização anormal do que outros. Estes incluem adolescentes e jovens adultos, assim como quem tem uma pele com pigmentação mais escura. No caso das cicatrizes queloides, a cicatrização pode ser impactada por motivos hereditários. Para além destes factores, a localização no corpo também tem impacto. Por exemplo, cicatrizes em articulações têm um alto risco de formar anormalidades. Algumas complicações como hematomas, infecções e edema também podem exagerar a formação de cicatrizes.
Voltar ao topo

Como reduzir o risco de formação de cicatrizes

As cicatrizes são formadas na última fase de tratamento das feridas. Para reduzir o risco de formação de cicatrizes e garantir uma recuperação rápida e segura, devem seguir-se cuidados e princípios recomendados para o tratamento de feridas:  

  • Limpeza de feridas: As infecções podem aumentar o risco de cicatrização anormal, por isso garanta que a ferida está limpa de partículas, pós e bactérias. Use o Spray Feridas Hansaplast, indolor e incolor, para limpar com rapidez e facilidade.
  • Protecção de feridas: Assegure que a ferida está coberta com uma compressa adequada ou com um penso Hansaplast. Isto vai proteger a ferida dos germes e bactérias que lá poderiam entrar e atrasar a recuperação ou até causar infecções.
  • Cura de feridas húmidas: Para reduzir o risco de cicatrização e conseguir uma cura mais rápida, os especialistas recomendam um tratamento da ferida em meio húmido. Aplique a Pomada para a Cicatrização de Feridas para criar as condições ideais e facilitar a cicatrização rápida e com risco reduzido de formação de cicatrizes. 


Lembre-se também das seguintes dicas para prevenir cicatrizes: 

  • Proteja as feridas e cicatrizes recentes dos raios solares. 
  • Não exponha as feridas e as cicatrizes recentes a temperaturas quentes. 
  • Evite exercícios e actividades que causem tensão no tecido da cicatriz.
Voltar ao topo

Como tratar e reduzir as cicatrizes

As cicatrizes são muitas vezes percepcionadas como desagradáveis e podem impactar significativamente a qualidade de vida, daí a vontade de reduzir ou esconder a sua aparência. No caso de cicatrizes severas, há um número de procedimentos médicos que podem ser realizados por dermatologistas, cirurgiões e outros médicos especialistas. Técnicas mais invasivas podem envolver injecções de corticosteroides, terapia laser, ou até cirurgia, entre outros.

Para além disso, a visibilidade das cicatrizes pode ser reduzida através de produtos tópicos como o Redutor de Cicatrizes Hansaplast. Este produto está clinicamente comprovado para ajudar a alisar eficazmente, aclarar e suavizar o tecido das cicatrizes. Estudos clínicos têm demonstrado resultados positivos na redução de cicatrizes quando usado em cicatrizes com relevo e cor, por 8 semanas consecutivas durante 12h por dia. O produto não deve ser aplicado em feridas abertas e queimaduras.

Scar Reducer Application on arm
Voltar ao topo

Consulte sempre um médico se a ferida for profunda, sangrar abundantemente ou mostrar sinais de estar infectada, tais como vermelhidão, inflamação ou subida da temperatura da pele na zona lesionada.

Tenha em atenção que, embora tenham sido elaborados com grande cuidado, os conselhos e sugestões dados neste website não substituem de forma alguma o aconselhamento e tratamento médico. Se tem, ou suspeitar ter, um problema de saúde, consulte um médico e siga os respectivos conselhos independentemente do que aprendeu neste website.

Leia e siga cuidadosamente as instruções de utilização ou os folhetos dos nossos produtos. Para obter mais informações sobre os nossos produtos, contacte-nos por e-mail através do endereço Hansaplast.pt@Beiersdorf.com.