Mais Acção -
Menos Dor

Desporto, exercício e uma abordagem proactiva à dor são a chave da iniciativa Hansaplast

PARA UM ESTILO DE VIDA MAIS ACTIVO E EM FORMA

Pronto, preparado, comece a iniciativa Hansaplast

A iniciativa Hansaplast “Mais Acção - Menos Dor” quer pô-lo a mexer –
porque ser mais activo e estar mais em forma vão ajudá-lo a reduzir as doenças e a dor.
“MAIS ACÇÃO - MENOS DOR” co-fundador e presidente, especialista
ortopédico Dr. Gerd Müller diz: Menos desculpas - comece já a mexer-se!

Seja proactivo com a sua saúde

Em colaboração com o Dr. Gerd Müller, ortopedista e médico-chefe no reconhecido centro para as costas em Hamburgo “Am Michel”, Hansaplast desenvolveu a iniciativa MAIS ACÇÃO MENOS DOR com o objetivo não só de aliviar as dores a curto prazo mas com o intuito de motivar as pessoas a serem mais proactivas com a sua forma física e dores a longo prazo. Como? Com exercício adequado.

Dr. Gerd Müller, perito, especialista ortopedista e vice-presidente da European Union’s Lower Back Pain Guidelines Committee
“FAZER EXERCÍCIO AGORA
VAI ALIVIAR E
PREVENIR AS DORES
A LONGO PRAZO.”
A abordagem holística do programa é feita à medida tendo em conta os estilos de vida modernos de hoje em dia. 
O Dr. Gerd Müller é um cirurgião ortopédico, fundador e médico-chefe de um dos melhores Centros de Costas da Alemanha “Rückenzentrum Am Michel” em Hamburgo.
A sua especialidade é em medicina do desporto, tratamentos de prevenção, dores nas costas e pescoço e reabilitação de doenças musculares e ósseas. Outra especialidade é a gestão de dores multidisciplinares e gestão da saúde ocupacional. Ele também foi Co-Presidente da EU Commission for Back Pain.

A INICIATIVA HANSAPLAST
QUE O VAI FAZER MEXER!

Já sofreu com dores ou imobilização que transtornaram ou dificultaram o seu dia-a-dia? A mais parte das pessoas tem de lidar com este problema pelo menos uma vez na vida. Seja nas costas ou pescoço, um joelho ou cotovelo afectados ou dores nos pulsos ou tornozelos - tudo tem prevenção! Se passar por isso: nenhum deles deve ser arrastado no tempo ou levado como um problema fatal ou de longa duração se souber como ser proactivo em relação a estes.

O conceito de actividade gradual

Hansaplast, como expert nas soluções e tratamentos contra a dor, aceitou o desafio.
Em colaboração com o Dr. Gerd Müller, ortopedista e médico-chefe no reconhecido centro para as costas em Hamburgo “Rückenzentrum am Michel”, desenvolveu a iniciativa “MAIS ACÇÃO - MENOS DOR” baseada no conceito de actividade gradual.

O objectivo do programa “Mais Acção, Menos Dor” é:
Fazê-lo voltar a estar em forma para o seu dia-a-dia!


Actividade gradual para ficar mais em forma

“Actividade gradual é o centro do meu conceito”, explica o Dr. Müller. “Esta provado cientificamente que actividade física gradual não só é a medida mais importante na prevenção de aflições ortopédicas mas também é a forma terapêutica mais benéfica de todas.”
Quando estamos inativos, ou a descansar por longos períodos de tempo, perdemos tonalidade muscular e os nossos corpos tornam-se pouco preparados. De facto, até chega a doer quando voltamos a utilizar os músculos; como ao tirar o gesso de uma perna e esta pode estar mais pequena e cada movimento é estranho e precisa de habituação. Mas a actividade física trata rapidamente disso! 
Portanto, estar inativo ou não fazer exercício físico durante muito tempo nunca é uma boa ideia, mesmo quando lhe dói as costas.
“Na minha clínica eu vejo muitos pacientes que sofrem de dores nas costas ou articulações.” diz o Dr. Müller. A maior parte das pessoas afectadas são os que evitam esta realidade. Pessoas que fogem da actividade física e que não aproveitam as suas capacidades físicas.COMECE TENDO EM 
CONTA O SEU
ESTADO FÍSICO
Por isso é que eu escolhi participar e ajudar a desenvolver a iniciativa Hansaplast Mais Acção - Menos dor, que consiste num programa feito à medida de actividade física baseado no conceito de actividade gradual(começando muito devagar e aumentado o ritmo ao longo do tempo), ao mesmo tempo que se incorpora os produtos especializados Hansaplast para alívio e tratamento de dor. Vamos começar!”
O que significa “actividade gradual”?
Significa começar tendo em conta o estado físico em que se encontra e desenvolver a forma ao longo do tempo. Uma rotina de exercício baseada em actividade gradual evita sempre os extremos, o que é a chave para: os que evitam exercício físico(gostam mais de ficar no sofá e fugir ao exercício) e os que vão até aos seus próprios limites no que toca a exercício físico. O conceito da actividade gradual é, portanto, baseado em sessões de exercício com uma quantidade definida de repetições ou tempo, que se desenvolve e aumenta lentamente. Isto evita os ciclos de “excesso-quebra” do exercício em excesso ou da sua ausência total com medo de dor.

QUALQUER ACTIVIDADE FÍSICA É MELHOR DO QUE NENHUMA!

Analise o seu estado físico e comece por aí. O poder é seu.

“É importante saber que não existe nada parecido com actividade física má ou danificadora” diz o Dr. Müller - a não ser que faça em demasia. Isto apenas acontece quando as pessoas passam os seus limites, fazem exercício a mais ou praticam uma actividade monótona que cria tensão numa certa parte do corpo.

Um erro comum: algumas pessoas pensam que ter dores nas costas impossibilita fazerem exercício ou serem fisicamente activas. Na maior parte dos casos, evitar actividade física apenas irá aumentar as dores e piorar a sua condição. Porquê? Porque o seu corpo ira reagir de forma a diminuir os tecidos musculares e massa óssea o que o leva a mais rigidez e sofrimento, aumentando a dor.
Irá sentir dor quando a capacidade física do seu corpo não acompanha as suas necessidades para o dia-a-dia ou tarefas. Em vez de evitar o que tem a fazer, é melhor aumentar as suas capacidades.

Portanto, o truque é manter-se sempre activo, e trabalhar na sua forma física de forma gradual e contínua(sim, mesmo que tenha sofrido alguma lesão). Até ganha a nível psicológico: o seu corpo irá produzir hormonal que reduzem a dor e melhoram o seu estado de espírito. “Pessoas que percebem que podem fazer muito mais pela sua forma física para prevenirem dores e tensões, vão sentir menos dor” diz o Dr. Müller. Você é responsável pela sua saúde, seja proactivo a defendê-la.

Para além disso, não utilize uma pequena lesão ou impedimento como uma desculpa para não praticar exercício. Este ponto é importante, especialmente a nível psicológico, visto que mais exercício é mais benéfico do que descanso.

TRÊS PASSOS PARA FICAR EM FORMA

1. Avalie o seu estado físico

Quão em forma você está? Comece por avaliar o estado físico e comece a partir daí. Descubra através de uma corrida ou aula de fitness. Depois descubra se é um campeão ou medroso.
Algumas pessoas sobrevalorizam-se e vão longe demais. Quando sentem dor, pensam que é o corpo a não cooperar. Perdem interesse na actividade. Estes são os campeões-extremos. Os medrosos têm medo de sentir dor ou danificar algo no seu corpo. Os dois definem prioridades diferentes - mas, mais tarde ou mais cedo, o corpo irá definir correctamente as suas próprias prioridades…! Portanto, quanto mais cedo perceber o quão importante a actividade física é, melhor.

2. Faça algo que queira cumprir

Descubra uma forma de exercício que goste: Corra, vá para um ginásio… Descubra o desporto certo para si e para o seu horário. Isto pode demorar o seu tempo. E tenha a certeza que se vai conseguir desafiar. Por vezes pode passar por fazer um tipo de exercício que não seja o seu forte… Precisa de equilibrar as suas fraquezas. O que pode ser, muitas vezes, frustrante - mas acaba por recompensar.

3. Faça-o com regularidade

Fortaleça o seu corpo gradualmente e aumente lentamente o seu ritmo… Com ênfase do “aumente” para os medrosos e um ênfase no “gradualmente” para os campeões. A intensidade é a chave.

Trabalhe, também, contra as suas preferências:
Para além de fazer um exercício que goste e que se sinta bem a fazê-lo, é importante focar-se nas suas fraquezas em vez de se focar nos seus pontos fortes.

Existem alguma coisas que pode fazer no seu dia-a-dia. Para prevenir músculos doridos ou tensos, dependendo do seu estilo de vida.


MEXA-SE! - DICAS SIMPLES
PARA INTRODUZIR NO SEU DIA-A-DIA

Dicas para quem Trabalhadores de Escritório

  • Sentar-se Dinamicamente
    Mude a sua posição de estar com regularidade. Estique as suas pernas, sente-se direito e estique a sua coluna, incline-se para trás... experimente e vai perceber que tem muitas formas de o fazer.
  • Falar ao telefone com auriculares vai relaxar as suas costas, pescoço e ombros.
    Você é daqueles que aperta o seu receptor ou telefone entre o pescoço e os ombros? Não o faça, pois isso pode levar a tensão unilateral.
  • Faça exercício durante o dia
    Pressione as duas mãos e os braços sobre os braços de sua cadeira e pressione para cima para esticar os braços. Isto irá descomprimir a coluna vertebral e conduzir a uma maior mobilidade na área do pescoço e dos ombros.

Dicas para Seniores

  • Seja activo
    É a continuidade que conta - permanecer activo regularmente e tentar fazer exercício três vezes por semana, durante 30 minutos.
  • Continuidade conta
    Tentar voltar ao seu antigo nível de aptidão física depois de sofrer uma lesão ou doença. Seja paciente, pois a construção de tecido muscular pode durar entre três a seis meses.
  • Construir confiança
    Treinar o seu equilíbrio, o que também é importante como prevenção de quedas que podem facilmente levar à lesão óssea grave. Um exercício fácil: ficar apoiado numa só perna enquanto lava os dentes. Leve a um nível mais difícil fechando os seus olhos enquanto o faz.

Dicas para Atletas

  • Variedade
    Tentar treinar igualmente todas as suas habilidades físicas no seu treino, praticando resistência(cárdio) e exercícios de flexibilidade. Um treino monótono não vai treinar todos os grupos musculares ou ligamentos.
  • Bons sapatos
    São essenciais porque a estabilidade dos seus tornozelos e joelhos vai até à sua coluna. O calçado certo pode, portanto, ajudar a prevenir a dor e a marcha ou postura erradas durante o exercício.
  • Tempo de regeneração
    Permita que os seus músculos se regenerem depois de sessões de treino esgotantes e deixe-os fazer uma pausa de dois a três dias. Beba sempre água suficiente e faça uma dieta rica em carboidratos, bem como proteínas.

Por favor, note que nenhuma das dicas ou recomendações acima substituem os conselhos médicos. Importante: consulte um profissional de saúde em caso de uma lesão ou se suspeitar do uso excessivo das articulações ou uma condição médica, como uma fratura. Consulte um médico em casos agudos, quando a condição é acompanhada de vermelhidão, inchaço ou hipertermia das articulações, problemas prolongados nas articulações ou dor severa e/ou estão associados a sintomas neurológicos (como por exemplo, dormência, formigueiro, ou se a dor se irradia para a perna(s)).

Para mais informações sobre os produtos Hansaplast, entre em contacto via e-mail para Hansaplast.pt@Beiersdorf.com. Leia atentamente as instruções de utilização nas embalagens dos produtos.